OZZY OSBOURNE


Ozzy teve uma infância não muito fácil, seus pais eram bastante pobres. Eram em seis irmãos e Ozzy começou a trabalhar cedo, teve vários empregos, inclusive de afinador de buzinas numa montadora de carros. Aos 17 anos começou a furtar lojas e acabou sendo preso. Foi numa dessas estadias na prisão que ele fez as famosas tatuagens que possui nas mãos e nos joelhos.

Sua primeira banda tinha o nome de Approach, mas não durou muito. Depois de passar por outra banda, conheceu Terry “Gezzer” Butler, que o procurou através de um anúncio para formar o Rare Breed. Logo vieram Bill Ward e Tony Iommi que, na época, tocavam no Mythology. O nome da banda mudou para Polka Tulk Blues Band e depois para Earth até que finalmente escolheram o nome ideal: Black Sabbath.

Ozzy foi líder e fundador do Black Sabbath, referência musical de dez entre dez artistas do gênero, e destacou-se internacionalmente com a banda, através de canções imortais do heavy metal, como “Changes”, “Paranoid” e “War pigs”.

Após sua saida da banda em 1979, motivada por desentendimentos com os outros integrantes, principalmente Tonny Iommi, Ozzy Osbourne manteve sua carreira em alta, convocando Randy Rhoads (ex-guitarrista do Quiet Riot) para juntar-se a ele. Logo vieram Blizzard of OzzDiary of A Madman. Infelizmente, em 1982, Randy Rhoads faleceu em um desastre aéreo deixando uma lacuna difícil de ser preenchida. Speak Of The Devil (ou ainda Talk of The Devil, como saiu o título no Reino Unido) veio ainda neste ano e trazia canções ao vivo do Black Sabbath.

Mais tarde, Ozzy lançaria Tribute, também ao vivo, dedicado ao falecido guitarrista. O guitarrista Jake E. Lee juntou-se à banda e Ozzy continuou lançando ótimos álbuns como Bark at The Moon de 1983 e The Ultimate Sin de 1986. Nessa época, Ozzy já apresentava problemas com bebidas alcoolicas.

A carreira do Ozzy é permeada por histórias curiosas e até engraçadas. A famosa história do morcego, que Ozzy mordeu no meio de um show, foi menos interessante do que os fãs imaginam. Ozzy teve que tomar injeções, teve choque anafilático e cancelou uma porção de shows. Ele não sabia que era um morcego de verdade quando abocanhou o pobre animalzinho. Outra famosa é a acusação de incitação ao suicídio com a música “Suicide solution”. Ozzy foi absolvido de todas as acusações.

Zakk Wilde veio substituir Jake e pouco antes dos anos 90 foi cogitada uma volta do Sabbath com Ozzy, o que acabou não acontecendo. Foi na década de 90 que Ozzy largou o álcool. Anunciou ainda que estava pendurando as chuteiras depois do lançamento de No More Tears, mas isso não durou muito para a alegria dos fãs.

Vieram OzzmosisOzzman Cometh e no ano passado a tão esperada reunião finalmente aconteceu: Ozzy voltou para o microfone do Sabbath. Nos anos seguintes, Ozzy lançou pelo seu selo Ozz Records álbuns que registram os melhores momentos dos Ozzfests, festival no qual sempre toca com o Sabbath.

Finalmente, em 2001, o vocalista lança seu primeiro trabalho solo em seis anos: Down to Earth, com Zakk Wylde (guitarra), Robert Trujillo (baixo) e Mike Bordin (bateria), iniciando mais uma turnê. Logo a seguir, Ozzy entrou na onda dos ‘reality shows’ e teve sua vida pessoal (e de sua família) invadidas pela MTV.

A produção do seriado “The Osbournes” rendeu a ele fama em programas de TV, jornais e revistas que sequer falavam de sua carreira ou sua música. A notícia era sempre a excentricidade dele e de sua família. Os fãs se dividiram: enquanto alguns achavam que o programa só servia para mostrar uma imagem ruim do músico, outros gostaram da oportunidade de conhecer a intimidade do ídolo.

No ano seguinte, Live at Budokan chega às lojas, e, em 2003, a coletânea dupla The Essential Ozzy Osbourne é lançada. O baixista Robert Trujillo abandona Ozzy para entrar no Metallica e é substituído por Jason Newsted, ex-Metallica, numa incrível troca de bandas. Já em 2005 chega no mercado um box especial, intitulado Prince Of Darkness, contendo quatro discos. Como toda caixa especial, o novo material reuniu algumas faixas raras, sobras de estúdio, entre outras surpresas. Um dos discos é marcado pela grande quantidade de covers. O CD traz Ozzy cantando “Sympathy for the devil”, do Rolling Stones, “In my life”, dos Beatles, “21st Century Schizoid Man”, do King Crimson e “Stayin’alive”, do Bee Gees.

Vídeos de algumas músicas que são consideradas as melhores de Ozzy:

Mr. Crowley


(Aleister Crowley foi um filósofo Inglês do século 19,
considerado por muitos um bruxo e satanista.
Seu pensamento e pregação se resumiam basicamente
no conteúdo da obra chamada Livro da Lei e na doutrina
conhecida por Thelema (palavra grega que significa vontade)
e que pode ser resumida em “Faz o que quiseres que
tudo deve ser da lei. Todo homem é um indivíduo único
e tem direito a viver como quiser”.
Os princípios hedonistas de Crowley, com a pregação do
aproveitamento dos prazeres terrenos, incluindo sexo e drogas,
foram base para todas as doutrinas satanistas que se seguiram,
embora Crowley não tenha de maneira clara em sua obra
se declarado satanista, sendo mais apenas um anticristão,
tendo tomado para si próprio a denominação de “Número 666”, conhecido como o “número da besta”.)

Crazy Train


Paranoid


A música Paranoid é da banda Black Sabbath, banda cujo vocalista era Ozzy Osbourne. É uma das músicas maior sucesso do músico.

Discografia:

  • 1980 – Blizzard of Ozz
  • 1981 – Diary Of a Madman
  • 1982 – Speak Of The Devil
  • 1983 – Bark at The Moon
  • 1986 – The Ultimate Sin
  • 1987 – Tribute
  • 1988 – No Rest For The Wicked
  • 1990 – Just Say Ozzy
  • 1992 – No More Tears
  • 1993 – Live & Loud
  • 1995 – Ozzmosis
  • 1997 – Ozzman Cometh
  • 1998 – The Ozzfest
  • 2000 – Ozzfest- Second Stage Live
  • 2001 – Ozzfest- The Second Millenium
  • 2001 – Down to Earth
  • 2002 – Live at Budokan
  • 2003 – The Essential Ozzy Osbourne
  • 2005 – Prince Of Darkness
  • 2008 – Black Rain

Site oficial:

http://www.ozzy.com/

2 Respostas to “OZZY OSBOURNE”

  1. O Pai do Heavy Metal,mt bom !!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: